quarta-feira, 13 de junho de 2012

Você conhece as gerações que fazem parte do nosso tempo?




Você conhece as gerações que fazem parte do nosso tempo? Não. Então, vamos explicar para que você entenda e não fique de fora do assunto. Hoje, quatro gerações convivem juntas: BB, X, Y, e Z.


Geração BB – É a geração Baby Boomer. Ela surgiu depois da segunda guerra mundial, quando os soldados voltaram da guerra. As pessoas não queriam mais guerra, pregavam a paz e o amor. Neste período, houve uma avalanche de bebês. As famílias tinham em média de 15 a 25 filhos. Por esta razão, chama-se Baby Boomer. Eles nasceram entre as décadas de 50 e 60, e hoje, possuem mais 45 anos. Muitos deles estão na direção de grandes empresas e são chefes de famílias. Estas pessoas são apegadas a cargos e passaram anos na mesma empresa


Geração X – Nascidos entre as décadas de 60 e 70. Eles viveram o tempo das ditaduras e viram o país abrir as portas para democracia. Elas tiveram medo da AIDS, assistiram clássicos das novelas, ouviram os tempos de ouro do pop rock brasileiro. Derrubou um presidente no país e pagou quatro moedas diferentes. Por esta razão, elas sempre optaram por segurança financeira e poucas mudanças de emprego. Esta geração viu a tecnologia entrar dentro de casa. A média de idade é 40 a 45 anos



Geração Y – Eu faço parte desta geração. Eles nasceram entre as décadas de 80 e 90. Acostumou-se com apenas uma moeda: Real. Viram o país ser campeão mundial de futebol e o exemplo de superação e busca por novidades na carreira de Ronaldo fenômeno. O jogador foi jovem jogar na Europa e conquistou sucesso e fama em vários times. Foi duas vezes campeão da copa do mundo e várias vezes melhor jogador. A geração Y possui este perfil: Quer inovação onde trabalha. Sempre olha para fora do seu mundo. Muda de empregos com facilidade. Ela procura o bem-estar e o prazer pessoal. A média de idade é 28 a 30 anos



Geração Z – Nascidos da década de 90 para os dias de hoje. Eles nasceram com a tecnologia e no mundo facilitado por inovações. A vida merece praticidade para este grupo. A paciência não é o dom da geração Z. Eles são ansiosos e adoram fazer várias coisas ao mesmo tempo. A vida é mais virtual e menos real. A democracia é estabilizada, mas a classe política anda em decadência. Há queda de valores e a família tradicional dá lugar a novos estilos de vida: solteirismo, mães e filhos, pais e filhos, e uniões homossexuais. 


Não se pode dizer muito dessa última geração, pois ela está contínuo processo de formação. Daqui a 10 anos quando formamos uma nova geração, saberemos o perfil e as respostas dadas as circunstâncias do tempo.
Deixe o seu comentário e diga qual é a sua geração?
Postar um comentário