segunda-feira, 29 de junho de 2009

Bastidores da notícia: Recados de Mossoró para Cristian Pior


Neste espaço, tentarei contar um pouco do que está por trás da notícia veiculada na mídia. Pretendo começar por uma missão que recebi essa semana. Os mossoroenses ficaram “revoltados” com a exibição de uma matéria sobre Mossoró no Pânico na TV. Então o programa abriu espaço para resposta da cidade. Recebi a pauta de colher os depoimentos das pessoas do município.
Quando comecei a entrevistar as pessoas, percebi que as pessoas diziam o seguinte: “Rapaz, eu não to chateado com eles. O programa do Pânico é isso mesmo. Eles esculhabam as cidades de todo Brasil e até do mundo. É o jeito deles de fazer humor”. De 30 entrevistados, encontrei 20 com o mesmo discurso. Fiquei preocupado, pois deveria ser uma resposta de pessoas chateadas e eu estava encontrando poucas pessoas. Os depoimentos foram gravados em dois dias e consegui montar material para enviar para Pânico na TV.
Conclui que as pessoas entendiam o estilo do programa, mas que muita chateação vinha daquele velho ditado: “Pimenta nos olhos dos outros é refresco”. Todo mundo ri de tudo que passava no programa, até o dia que chegou a tocar na sua cidade. Aí ninguém gostou. Percebi que havia mais interesses políticos e comerciais em fazer polêmica do assunto, do que um sentimento de amor a cidade. Isso por que, as críticas já tinham endereço certo.
Postar um comentário