segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Radialista argentino sofre atentado por denunciar casos de corrupção

O radialista argentino Carlos Carvallo, apresentador da emissora FM Show, sofreu um atentado na última terça-feira (19), em Garupá, na província de Misiones. Em seu programa de rádio "El show de los impactos", ele fez denúncias sobre assuntos financeiros duvidosos, que supostamente envolveriam um político de uma localidade vizinha.

Carvallo e sua família estavam dormindo quando ouviram uma forte explosão, às 4h da manhã do dia 19. O jornalista encontrou um galão vazio de vinte litros de gasolina junto a seu veículo, estacionado na garagem de sua casa. O fogo destruiu completamente o carro e parte da parede da casa.

A organização Repórteres sem Fronteiras (RSF) condenou o atentado, e declarou que não está em "condições de assegurar que exista alguma eventual relação entre o atentado sofrido por Carlos Carvallo e suas denúncias contra político local".

Entretanto, essa hipótese será investigada, por não haver outros motivos aparentes. Em nota, a organização aplaudiu "a rápida reação das autoridades da província de Misiones, já que o atentado podia custar a vida jornalista e de sua família. Esperamos que a investigação determine rapidamente a origem e os autores do ataque".

O radialista, que agora está sob proteção policial, explicou à RSF que o ataque pode ter relação com suas denúncias de casos de corrupção na rádio. Ele afirmou que o político denunciado "em seis meses fez uma fortuna difícil de comprovar por vias legais". E desabafou: "Foi uma clara mensagem mafiosa. Mas tudo isto não faz mais que reforçar minha vocação profissional".
Fonte: Portal Imprensa
Postar um comentário