quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Jornalista Tereza Cruvinel é escolhida para presidir nova TV Pública

A jornalista Tereza Cruvinel, colunista de política do jornal O Globo, e comentarista do canal de televisão por assinatura Globonews, foi a escolhida para presidir a Empresa Brasil de Comunicação, a rede pública de TV que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende lançar em dezembro deste ano.
Cruvinel teria sido convidada pelo ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Franklin Martins, mas ainda não há data para sua posse. Antes de convidá-la, o governo teria sondado personalidades públicas como o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, o cientista Enio Candotti e o ex-ministro do STF Sepúlveda Pertence, que recusaram o convite para o posto.
Para a direção de jornalismo foi convidada Helena Chagas, que dirigiu a sucursal de Brasília de O Globo e deixou há pouco a chefia de jornalismo do SBT em Brasília, além de ser colunista de política do Jornal de Brasília. A montagem da equipe diretora da rede pública ficará a cargo de Cruvinel, que deverá entrar em acordo com Franklin. A equipe terá de cinco a seis diretores e entre os cotados estão o atual presidente da Radiobras, José Roberto Garcez, e o secretário do audiovisual do Ministério da Cultura, Orlando Salles de Senna, convidado para a área administrativa.
Postar um comentário