quarta-feira, 14 de maio de 2008

Comércio online cresce quase 50% no primeiro trimestre


De acordo com dados apresentados pela e-bit, o comércio online no Brasil deu um salto de quase 50% no primeiro trimestre de 2008, se comparado com o mesmo período do ano passado. De janeiro a março, o faturamento foi de cerca de R$ 1,84 bilhão, um aumento de 49% sobre os R$ 1,23 bilhão um ano antes.
Em relatório divulgado na última segunda-feira (12), a e-bit - empresa que monitora o comércio online no País - aponta que, apesar do varejo considerar o início do ano como um período fraco, quando as pessoas tendem a ter dívidas a pagar, os números mostram que 2008 deve ser mais um ano de crescimento promissor para esse segmento.


"Os números impressionam.[...] As fortes promoções no começo deste ano, somados à diminuição dos juros e à facilidade de parcelamento no cartão de crédito parecem fazer sucesso junto aos adeptos das lojas virtuais", explicou o diretor-geral da e-bit, Pedro Guasti, em comunicado.


De acordo com o estudo, além do faturamento, o valor médio gasto pelo consumidor na Internet também subiu sobre o primeiro trimestre de 2007. Passou de R$ 295 para R$ 319, um aumento de aproximadamente 8%.


Assim como nos três primeiros meses do ano anterior, a categoria de produtos mais vendidos foi "Livros", 21% do comércio online. Em segundo lugar, vem o setor de "Informática", seguido pela categoria "Saúde e Beleza".


A expectativa da e-bit é que o comércio online movimente cerca de R$ 3,8 bilhões neste primeiro semestre de 2008,45% a mais que no mesmo período que 2007.
Postar um comentário