segunda-feira, 30 de agosto de 2010

O que falta para Mossoró alcançar o posto?




Vou enumerar cinco pontos essenciais: 

Transporte Público – o cidadão merece o direito de ir e vir para onde quiser. Uma saída para resolver a questão era o poder público incentivar por subsídios essa área e garantir uma passagem barata e linhas de ônibus para todos os lugares. O trabalhador para ir ao centro e voltar, dependendo de ônibus, gasta em média R$ 7,00, e de tâxi, R$ 8,00.

Infra-estrutura – Pavimentar todas as ruas das cidades, inclusive as projetadas. Garantir habitação digna para as pessoas e saneamento básico nos bairros.

Educação – Instalar creches nos bairros que ofereçam até a alfabetização e incentivar o ensino fundamental e médio integral. Nas áreas periféricas, a creche é interessante para ocupar a criança enquanto o pai e a mãe trabalham ou procuram emprego.  As crianças escapam da marginalização com as creches.

Saúde – Criar núcleos de apoio a criança e ao adolescente nos PSFs e UPAs a fim de orientá-los para uma vida saudável e digna.

Emprego – Criar programas de incentivo a contratações pelas empresas, e realizar parcerias com centros de formação profissional para ofertar a população.


Postar um comentário