quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Elite brasileira confia mais na mídia que no poder público


Os meios de comunicação concentram credibilidade diante a opinião da elite brasileira. É o que revela um estudo da empresa de relações públicas Edelman que coloca as instituições governamentais em situação delicada perante as classes A e B.


Entre os meios de comunicação, no topo do ranking brasileiro de confiança estão os veículos impressos. Os entrevistados, na faixa dos 25% com a maior renda familiar do país, dizem recorrer como primeira fonte de informação a impressos (87%), depois a TV (82%), internet (52%) e rádio (32%).


Os jornais impressos estão em alta também em 12 dos 18 países pesquisados - EUA, China, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Espanha, Holanda, Suécia, Polônia, Rússia, Irlanda, México, Canadá, Japão, Coréia do Sul, Índia e Brasil.
Postar um comentário